Não importa que algo de bom tenha acabado. O que importa é que algo de bom tenha acontecido.

E por Falar Poesias...

e eu ainda tenho vontade de cantar "Darlin' be home soon"...

Textos


Corpo e alma eu te amo
(12.06.09)
(Dedicado a Lú – a preciosa rosa do pequeno príncipe)

h! Doce mulher amada,
como é amarga a tua ausência
pois tudo perde a essência,
mas imensa é a recompensa
de tantos anos de espera,
mas veja, olhe, espere,
saiba que me desespero
a cada momento que passo
sem ter você ao meu lado
sonhando com aquele momento
que sempre é encantado
de sentir o teu aroma,
de saber que tu és minha,
pois mesmo estando distante,
distante meu coração se lança,
pois mesmo estando distante,
distante meu amor te alcança
e te envolvo em meus braços,
e num longo e merecido abraço
até me esqueço do improvável
e neste breve momento,
silenciosamente,
corpo e alma eu só te amo,
corpo e alma eu me deleito,
e teu corpo no meu estreito,
e me perco na imensidão
desta tão louca paixão,
mas que ainda assim tão suave,
e digo e repito então
e isso não é o fim
é apenas o recomeço
de tudo que não tem preço
e que então sem pressa
corpo e alma eu te amo.


Lucas Castro
Enviado por Lucas Castro em 12/06/2009
Alterado em 12/06/2009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Lucas Castro e o site www.eporfalarpoesias.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras