Não importa que algo de bom tenha acabado. O que importa é que algo de bom tenha acontecido.

E por Falar Poesias...

e eu ainda tenho vontade de cantar "Darlin' be home soon"...

Textos


O tempo que não retorna
(14.04.09)

stranho é o preço da felicidade,
tão estranho como a saudade,
tanto quanto tudo que se sente.
quando tudo o mais fica ausente,
quando tanto perde o sentido.

É tão estranho tal preço,
que assim eu questiono
se é isso que eu quero,
se é isso que eu mereço,
pois assim eu pareço
largado tão fora de hora
embora de nada eu entenda
mas depois de tantas contendas
preciso me resguardar,
o tempo parece esfriar
e nada há que repare
tanto e tamanho estrago
de tudo que comigo trago,
de tanto que em mim se perdeu,
e somente quem não percebeu
e somente quem não olhou,
quem por isso não passou
não é capaz de entender
quando digo que não sei mais quem sou.

Sou sonho e pesadelo,
inverno e primavera,
pois não sou flor, sou a hera,
sou de uma outra esfera,
sou de uma outra era
distante desta que vivo,
sou quem vive a espera
do caminho encantado
que por aqui não se acha,
que por aqui só se perde,
que nada do que se pede
lhe será dado na hora,
e haja paciência,
e haja horas perdidas,
e haja sonhos desfeitos,
mas que afinal não se perca
o tempo que não retorna...

... e é por isso que não passa
essa vontade de ir embora.

Lucas Castro
Enviado por Lucas Castro em 15/04/2009
Alterado em 15/04/2009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Lucas Castro e o site www.eporfalarpoesias.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras